segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Mangá: Dragon Ball SD é lançado no Japão

Pô, o traço do cara é idêntico ao Toriyama

A tão aguardada Saikyou Jump (antologia da editora Shueisha voltada ao público equivalente ao nosso pré-escolar) acabou de ser lançada no Japão e todo mundo foi logo ver a série que mais estava gerando expectativas: Dragon Ball SD.

Apesar de não ter o traço de Akira Toryama e sim de Ooishi Naho (que já trabalhou com os personagens anteriormente, fazendo ilustrações pra produtos licenciados) emulando-o, podemos dizer que esse primeiro capítulo ficou bem acima da média, já que ninguém sabia o que esperar – ou esperava o pior mesmo.

Por ser um dos maiores destaques do número de estreia da Saikyou, Dragon Ball SD veio totalmente colorido, e dessa vez por computador – dando uma cara bem de desenho animado à história. Aliás, ela se passa durante o treinamento do pequeno Goku e Kuririn com o pervertido Mestre Kame, ou seja, Ooishi pegou uma parte que não é estranha à obra original e deverá explorá-la por algum tempo – ao menos é o que se imagina a princípio, já que a intenção é fazer algo bem livre e sem compromisso com grandes sagas e arcos.

No geral, Dragon Ball SD foi uma boa surpresa. Não é nada revolucionário mas faz bem seu papel: apresentar Goku e cia aos pequeninos (o público alvo da antologia) ao mesmo tempo que resgata a nostalgia dos marmanjos. Será que vai longe?

Fonte: JBox

Nenhum comentário:

Postar um comentário