domingo, 11 de janeiro de 2009

Rurouni Kenshin

Samurai X

- Sucesso absoluto em sua época que passou, Rurouni Kenshin (ou Samurai X) criado por Nobuhiro Watsuki, segue o rastro das obras mundialmente conhecidas, assim como Dragon Ball Z, Saint Seiya, Naruto e outros.

Oro?

Na historia original (pra quem nunca leu o mangá ou assistiu a série) narra a vida do andarilho Kenshin Himura com sua inseparável sakabatou (espada de lâmina invertida), redimindo-se de seu passado obscuro, Kenshin então resolveu começar a proteger as pessoas (que ao contrário no passado, ele as matavam) com o seu estilo Hiten Mitsurugi.

Vivendo numa era pacifica a era "Meiji", Kenshin por destino ou não acaba conhecendo Kaoru Kamiya uma jovem mestra de Kendô, para ser mais exato ela é uma "shihandai" (mestre substituta), no qual ficou no lugar de seu pai, morto na guerra Seinan.

Após o evento com os irmãos Hiruma, Kenshin se instalou no dojo Kamiya onde começou ajudar Kaoru em trabalhos diversos (limpeza, fazer a comida, lavar roupas, hehe...).
Yahiko Myoujin e Sanosuke Sagara (Zanza), também acabaram entrado na vida de Kenshin e Kaoru após certos acontecimentos.



Yahiko Myoujin

Sanosuke Sagara

Formando esse quarteto, muitas diversões aconteceram, e também muitos inimigos apareceram no decorrer da série como Hajime Saitou, Aoshi Shinomori, Makoto Shishio, Enishi...entre outros. Todos com objetivos próprios e razões próprias para desafiar Kenshin.



Makoto Shishio, o pior dos inimigos

Dados Técnicos:

* O mangá de Rurouni Kenshin contém 28 volumes na versão original japonesa publicado pela Shonen Jump, onde aqui no Brasil o dobro de volumes foram lançado somando um total de 56 mangás publicados nas terras tupiniquins.

*Sua publicação se deu inicio em 2 de setembro de 1994 a 4 de novembro de 1999

A versão manga possui um desfecho ao contrário do anime, a última saga do manga "Jinchuu", não existe na versão em anime.

Enishi Yukishiro

* A versão em anime ao todo possui 95 episodios onde este último é um episodio especial a parte.
7 sagas dividem a versão anime: Aoshi (Oniwabanshu), Saga de Raijuuta, Kyoto (Jupongatana), Kaishuu Katsu, Cavaleiros Negros, Shogo Amakusa e Feng Shui; sem mencionar os vários episodios extras criados no decorrer da versão animada.


Criado pelo - Studio Gallop, sua primeira exibição foi ao ar no dia 10 de janeiro de 1996

Ovas:

Rurouni Kenshin possui 6 ovas e um filme para tv (Rurouni Kenshin: Ishin Shishi no Requiem) contando a historia de Takimi Shigure.



Como tinha citado lá em cima não existe a ultima a saga do manga em anime, então foram criados 4 ovas entitulados Rurouni Kenshin: Tsuiokuhen e Rurouni Kenshin: Reminscências, que contam o passado de Kenshin como Hitokiri Battousai durante a era Tokugawa, onde ele acaba conhecendo Tomoe que seria sua companheira e esposa por um certo periodo.

O Ova também mostra certos eventos reais que aconteceram naquela época, no qual também incluém aparições do poderoso Shinsengumi e alguns personagens importantes da história do japão.



Já os Ovas 5 & 6 entitulado de "Rurouni Kenshin: Seisouhen'' é uma história bem mais a frente, 15 anos depois do fim da série mostra Kenshin e Kaoru já casados onde nesse periodo eles tiveram um filho (rebelde) de nome Kenji, nesses Ovas também mostram outros personagens já um pouco mais velhos, como Yahiko e Sanosuke.

* Ost:

sonora de Rurouni Kenshin é uma das melhores de todos os tempos, composta por Noriyuki Asakura (É ele também que compõem as trilhas de "Tenchu", game de ninja muito famoso de PS1 e PS2).
Após a Saga de Kyoto, quem compôs as demais trilhas para versão de tv e Ovas foi Taku Iwasaki (quem também não fica atrás de Noriyuki).


Rurouni Kenshin Original Soundtrack 1

* Aberturas e Encerramentos

Abertura:


- "Sobakasu" por Judy & Mary (a 1ª abertura é sempre classica)
- "One Half" por Kawamoto Makoto
- "Kimi ni Fureru Dake de" por Curio


Encerramentos:

- "Tactics" por The Yelow Monkeys (muito boa)
- "Namida wa Shitte iru" (I Know Tears) por Mayo Suzukaze
- "Heart of Sword ~ Yoake Mae" por T.M. Revolution (outra muito boa)
- "The Fourth Avenue Cafe" por L'Arc~en~Ciel
- "It's Gonna Rain" por Bonnie Pink (minha favorita)
- "1/3 no Junjō na Kanjō" por Siam Shade
- "Dame!" (No!) por You Izami




Dubladores:
Como sempre a dublagem original nunca deixa a desejar, já a brasileira... merece um puxão de orelhas, devido ao:


* Aos constantes erros dos nomes e técnicas dos personagens

* O mesmo dublador para vários personagens

* Mudança de nomes dos personagens ou má pronuncia

Mas as vozes ficaram bem legais em cada personagem, algumas superando até a dos originais (isso eu tenho que admitir).

Bom pessoal, breve irei trazer outras máterias de animes que envolve espadas e samurais, no qual curto muito.







Sobakasu - 1ª abertura

(Senhorine)

4 comentários:

  1. Yoshiiiiiiiiiiiiii......ficou muito bom GUI..continue postanto para que tenhamos mais informações sobre animes e desperte o interesse em ver....Samurai x é ótimo...ficou completa a matéria...até a cara que ele faz....Oro??Chaveli

    ResponderExcluir
  2. Samurai X esse e o melhor deshenho de luta de espada q tem aquela matantaça toda e emuito violento isso e q e deshenho bom
    continue assin e vc ira longe esse conçerteza e o melhor

    ResponderExcluir
  3. O destaque de Rurouni Kenshin não são apenas as lutas, que também são boas (e não são tão violentas), mas também a ideologias apresentadas durante série.

    ResponderExcluir
  4. A versão original tem a vantagem de ter um pouco mais de comedia, é só você ver o "Oro?" do kenshin, que você morre de rir.

    ResponderExcluir